Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira

Idosos são prioritários na campanha (Foto: Ascom)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta segunda-feira (23) e os postos de saúde de Petrolina já se preparam para receber o público alvo da primeira etapa. A estimativa é que 65 mil petrolinenses sejam imunizados até 22 de maio.

A campanha foi antecipada pelo Ministério da Saúde e vale lembrar que a vacina não protege contra o coronavírus, mas pode evitar o H1N1. A partir de amanhã devem ser imunizados idosos e trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do atendimento à população.

“Para evitar aglomerações, os profissionais de saúde vão auxiliar na organização, orientando as pessoas a manterem distância de dois metros uma das outras. Toldos serão instalados em algumas unidades para evitar aglomeração dentro dos postos”, ressalta a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

A vacina contra a gripe previne três tipos de vírus: influenza B, H1N1 e H2N3. Os postos de saúde funcionam das 7h às 17h na sede e das 8h às 13h na zona rural. Confira a seguir o cronograma da campanha:

LEIA MAIS

Caso suspeito de coronavírus em Juazeiro “não se enquadraria” nos critérios de Pernambuco, destaca secretária-executiva de Petrolina

Secretária tranquila petrolinenses (Foto: Ascom/PMP)

A notícia de um caso suspeito de coronavírus registrado em Juazeiro (BA) ligou o sinal de alerta também em Petrolina, devido ao fato de a paciente em questão residir em solo pernambucano. Mas de acordo com a secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina, Marlene Leandro, não há motivo para pânico.

LEIA TAMBÉM

Coronavírus: estoques de máscaras e álcool gel em farmácias de Juazeiro e Petrolina estão quase zerados

“Na unidade Hospitalar não possui nenhum paciente com suspeita  do vírus COVID-19”, diz Hospital Regional de Juazeiro

“Sobre esse caso notificado ontem na Bahia, como caso suspeito do novo coronavírus a Prefeitura vem informar que ficamos sabendo desse caso ontem no final do dia. Fomos buscar mais informações do caso. É uma mulher que viajou para a Europa e ela apresentou sintoma gripal, sem febre”, explicou a secretária-executiva.

LEIA MAIS

Período chuvoso reforça alerta contra mosquito da dengue em Petrolina e Juazeiro

Atenção deve ser redobrada nesse período de sol e chuva (Foto: Ascom/PMP)

Chuva é sinônimo de água parada e com o sol que faz no Sertão, o ambiente torna-se propício a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Por isso a secretaria executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina faz um alerta aos petrolinenses.

A população deve ajudar no combate a dengue, monitorando suas residências. O trabalho, somado ao dos agentes de combate as endemias deve surtir efeito nessa batalha. “Além da chuva que tem caído na cidade, a temperatura também está elevada. Essas são duas condicionantes que aceleram o desenvolvimento do mosquito, pois aumenta a oferta de criadouros e os ovos eclodem rapidamente com as altas temperaturas”, destaca a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Em Juazeiro (BA) a Vigilância em Saúde lembra que qualquer água empoçada pode virar o criadouro ideal. “É importante o descarte correto da água, do lixo, além da higienização dos vasilhames de plantas, de alimento dos animais e a limpeza dos quintais. É um cuidado individual/coletivo que reflete no bem estar em toda a cidade”, comenta o diretor Klynger Farias.

H1N1: secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina afirma não haver motivo para pânico

(Foto: ASCOM)

“Não há motivo para pânico”. É o que afirma a secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina, Marlene Leandro sobre o caso de uma morte suspeita de H1N1, na cidade. A paciente veio a óbito no Hospital Universitário na quinta-feira (6), após ter chegado de viagem.

Segundo Marlene, o quadro da paciente evoluiu para complicações, mas todas as providências foram tomadas, conforme determina o Ministério da Saúde. “Quero dizer a população que não há motivo para pânico. Esse caso foi de uma pessoa que havia viajado para a Paraíba e ao chegar apresentou os sintomas da doença, evolui para complicações”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Paciente com suspeita de H1N1 morre no Hospital Universitário, em Petrolina

A vítima deu entrada no HU no dia 28 de maio e por ser um casos suspeito, todos os parentes próximos foram imunizados. “Foi iniciado a profilaxia para os contatos íntimos, foi realizado no esposo e filhos dessa pessoa o antiviral, o procedimento preconizado”, continuou.

A secretária-executiva afirma que o caso ainda não foi confirmado como H1N1. “Ainda não temos a confirmação do caso. O material foi encaminhado e estamos aguardando esse resultado para confirmação ou não de H1N1″, finaliza.

Prefeitura leva serviços de saúde ao bairro Cohab Massangano neste sábado (25)

(Foto: Ascom)

A partir das 8h deste sábado (25) vários serviços de saúde serão realizados no bairro Cohab Massangano. Os atendimentos promovidos pela Prefeitura de Petrolina vão desde vacinas a teste de glicemia, atividades de educação em saúde e consultas com dentista.

A Escola Municipal Nossa Senhora Rainha dos Anjos, no antigo CAIC recebe a ação. Para amanhã a Secretaria de Saúde espera atingir o público alvo das campanhas de vacinação.

“Estamos aguardando alcançar um grande número de crianças que ainda não se vacinaram contra a pólio e o sarampo, e vamos aproveitar para ofertar diversos serviços importantes também aos pais e responsáveis. Sempre procuramos realizar essas feiras de saúde  para diversos públicos, e assim, trazer pra mais perto da comunidade serviços importantes de prevenção e educação em saúde”, planeja a Secretária Executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.