Univasf é condenada a pagar R$ 20 mil a ex-vice-reitor temporário

(Foto: Arquivo)

A Justiça Federal em Pernambuco decretou o pagamento de uma multa no valor de R$ 20 mil ao ex-vice-reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Valdner Ramos Clementino. Ele deixou seu posto na administração nesse mês e deve ser indenizado pela instituição educacional.

LEIA TAMBÉM

Reitor pro tempore da Univasf afirma estar buscando atores capazes de contribuir para equipe

Representante dos discentes da Univasf relata problemas causados por “brigas de egos” na reitoria pro-tempore

A decisão foi proferida pelo juiz titular Arthur Napoleão Teixeira Filho, da 17ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco. A condenação por danos morais tem relação com uma ação considerada irregular, cuja finalidade era destituir Valdner da sua função.

Para o juiz titular, ficou claro o objetivo do Conselho Universitário em tramitar o processo de “Impeachment” do então vice-reitor, mesmo não possuindo competência para proceder dessa forma. Apenas a Presidência da República tem poder de instaurar o processo. Valdner Ramos Clementino renunciou ao posto de vice-reitor temporário na primeira quinzena de janeiro.

Deixe uma resposta