Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Requerimento de Gilmar Santos é aprovado por unanimidade

Edil teve pedido aprovado sem discussão entre as bancadas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Sem debate, sem discussão e confusão entre vereadores governistas e opositores o Requerimento nº 183/2019, proposto por Gilmar Santos (PT) foi aprovado por unanimidade na sessão de hoje (21) na Casa Plínio Amorim. O edil solicitava informações acerca dos recursos recebidos pela Prefeitura de Petrolina ao atendimento psicossocial.

Não houve manifestação da Situação, que não pediu destaque e contribui para a aprovação de 21 votos a zero. Na sua justificativa Gilmar afirmou estar “representando o interesse público” e “esperamos que esse pedido seja aprovado”.

Um dos pontos do Requerimento são os valores repassados para a execução de atividades do CAPS AD CAPS i e CAPS II. Todas as demais Indicações e Requerimentos colocados em pauta foram aprovados, pela mesma votação. Agora os edis discutem os quatro projetos de Lei colocados em votação.

Oposição apresenta novo Requerimento, dessa vez para a saúde

Bancada de oposição. (Foto: Ascom)

A sessão dessa terça-feira (21) deve ser de mais embate entre as bancadas de Oposição e Situação. Na pauta de hoje o vereador Gilmar Santos (PT) apresentou o Requerimento nº 183/2019 solicitando informações à secretária de Saúde de Petrolina.

Na reivindicação Gilmar busca dados sobre o financiamento e valores repassados ao município na área da saúde mental (CAPS AD; CAPS i; CAPS II), bem como gastos com os serviços. Na sessão de quinta-feira (16) a Situação derrubou um outro pedido do petista, alegando politicagem.

Hoje também serão analisados quatro projetos de lei, todos do Legislativo: dois propondo concessão de Título de Cidadão Petrolinense e os demais instituem o programa Infância sem Pornografia (Alex de Jesus) e nomeia a Feira do José e Maria como Maria Maga (Ronaldo Cancão).

Em sessão marcada por longo debate, bancadas se dividem sobre Requerimentos da Oposição

Mais uma vez debate foi focado em pedidos da Oposição (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de quinta-feira (16) na Câmara de Petrolina teve um replay de terça-feira (14): mais uma vez houve uma longa discussão entre os vereadores da Situação e Oposição sobre os Requerimentos colocados em pauta. Teve tempo inclusive para Ronaldo Silva (PSDB) pedir aos colegas governistas rejeitarem todas as demandas da Oposição.

O cenário foi o seguinte: os edis da Situação pediram a votação dos Requerimentos n°164/2019 de Gilmar Santos (PT); 179/2019 de Domingos de Cristália (PSL) e 180/2019, proposto por Cristina Costa (PT) separadamente. Analisados em bloco, as matérias foram aprovadas por 10 votos a 9, sendo o decisivo do presidente Osório Siqueira (PSB).

LEIA MAIS

Bancada de oposição: vereadores de Petrolina participam de ato em defesa da educação e contra a Reforma da Previdência

Bancada de oposição. (Foto: Ascom)

Esta quarta-feira (15) será marcada por mobilizações em todo o Brasil. Intitulado como Greve Geral, o movimento contra os cortes na educação realizados pelo governo federal e contra a reforma da previdência também acontecerá em Petrolina. De acordo com a coordenação do ato, a concentração está marcada para ás 8h30, na Praça do Bambuzinho.

Juntamente com a população, movimentos sociais e diversos segmentos da sociedade civil, os vereadores de Oposição de Petrolina, Cristina Costa (PT), Domingos de Cristália (PSL), Elismar Gonçalves (MDB), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB), estarão presentes e convocam todos, inclusive as entidades do setor, para a paralisação nacional.

LEIA MAIS

Bancada da Situação derruba Requerimento apresentado por Gilmar Santos

Oposição sofreu mais uma derrota (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mais um Requerimento apresentado pela Bancada de Oposição foi derrubado pela Situação de Petrolina. Na sessão dessa terça-feira (14) por 12 votos a seis, o pedido de número 160/2019, proposto pelo vereador Gilmar Santos (PT) foi rejeitado pelos colegas governistas.

No Requerimento, Gilmar solicitava informações à secretaria Municipal de Educação, Margareth Zapponi, referentes às vagas de professores nas escolas municipais, tanto por bairro e localidade, quais os contratados e concursados e a carga horária desses profissionais.

Gilmar contou com apoio de todos os membros da Oposição, que votaram a favor e ainda justificaram seus posicionamentos: Cristina Costa (PT) afirmou que o pedido do colega de partido busca apenas tornar a gestão mais transparente.

Contudo, os situacionistas entenderam a cobrança de Gilmar como “oportunismo” e “politicagem” contra a Prefeitura e votaram em massa pela rejeição. Todos os demais Requerimentos e Indicações foram aprovados por unanimidade.

Oposição apresenta série de Requerimentos na sessão dessa terça-feira, em Petrolina

Sessão tem Oposição cobrando prestação de contas da Prefeitura (Foto: Blog Waldiney Passos)

A última sessão ordinária de março na Câmara de Vereadores de Petrolina se inicia daqui a poucos minutos e nessa terça-feira (30) a Bancada de Oposição da Casa Plínio Amorim traz uma série de pedidos ao Poder Executivo. Dos nove requerimentos em pauta, cinco são do grupo em menor número.

Líder do PT na Câmara, Gilmar Santos apresentou dois pedidos ao prefeito Miguel Coelho. Um deles busca informações junto à secretaria de Educação a respeito do projeto PELC, cujo treinamento foi realizado no final de 2018.

Também com dois requerimentos, Cristina Costa (PT) cobrou do Executivo informações a respeito das vagas ociosas de Agentes Comunitários de Saúde bem como a quantidade de áreas descobertas por esse importante serviço. A segunda cobrança da edil diz respeito ao processo de saneamento básico da Bacia do Dom Avelar.

A Situação também apresentou demandas, a mais relevante veio de Zenildo do Alto do Cocar (PSB), cobrando do Governo do Estado a reposição do estoque de insulina nas farmácias do Estado. A sessão começa às 9h e é aberta ao público.

Ronaldo Silva afirma que Gabriel Menezes quer fazer politicagem com requerimento negado

Matéria foi aprovada por 21 votos a zero (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Requerimento nº 086/2019 apresentado por Gabriel Menezes (PSL) foi alvo de críticas dos membros da Situação. O mais enfático foi Ronaldo Silva (PSDB) que havia pedido destaque no começo da sessão de terça-feira (9). Para Ronaldo, o colega de Câmara quer fazer politicagem em cima dos secretários da Prefeitura de Petrolina.

LEIA TAMBÉM:

Requerimento de Cristina é aprovado por unanimidade, mas Situação derruba pedido de Gabriel

“Eu acho que a bancada de Oposição está se batendo, porque o Requerimento da vereadora Cristina Costa pede uma coisa e o de vossa Excelência convoca o secretário para prestação de conta, é o mesmo objeto. Se você Excelência tá querendo fazer politicagem em cima dos secretários, não concordo com Vossa Excelência. Se o senhor acredita que tem esquema, faz uma denúncia no Ministério Público”, afirmou Ronaldo.

A fala de Silva veio após Gabriel pedir a palavra durante a votação do seu Requerimento. O oposicionista disse que existe um “esquema” envolvendo os gastos da Prefeitura de Petrolina com os gastos com a publicidade. O pedido de Menezes foi reprovado por 14 a 5, mas o Requerimento nº 079/2019 de Cristina Costa (PT) foi aprovado de forma unânime.

Bancada da Oposição propõe audiência para discutir reforma da Previdência na Câmara de Petrolina

Ainda não há data para discussão (Foto: Blog Waldiney Passos)

A bancada da oposição de Petrolina apresentou na sexta-feira (8) o Requerimento nº 047/2019, na qual solicita a realização de uma audiência pública para tratar da reforma da Previdência. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC), apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) é uma das prioridades e pode ser analisada no Congresso Nacional ainda nesse semestre.

LEIA TAMBÉM:

Câmara aprova e audiência pública discutirá problemas da saúde em Petrolina

Gabriel Menezes pede criação de Comissão Especial da Câmara para visitar Brumadinho

“Que a gente realize o quanto antes essa audiência porque [tem] a pressa do Congresso para aprovação dessa emenda e espero que a gente possa discutir o quanto antes, para ver como a gente pode contribuir [para a população]”, destacou Paulo Valgueiro (MDB), que é líder do grupo na Casa Plínio Amorim.

LEIA MAIS

Comissão da Mulher será lançada na terça-feira em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Celebrado na sessão de sexta-feira (8), o Dia Internacional da Mulher ainda será comemorado na Câmara de Vereadores de Petrolina nesta semana. Na terça-feira (12) será lançada a Comissão da Mulher, cuja presidência ficou com a vereadora Cristina Costa (PT).

Além da edil – membro da bancada da oposição – o secretário é outro oposicionista, o líder do grupo, Paulo Valgueiro (MDB). A Comissão será lançada no mesmo dia em que a Casa Plínio Amorim promove uma sessão solene, em homenagem às mulheres.

“Saudamos todas às mulheres pelo seu dia 8 de março, que possamos avaliar o papel da mulher na sociedade. Vamos nos manter firmes na luta em favor da mulher petrolinense, vamos defender a garantia de seus direitos”, disse Cristina Costa.

Comissão é inédita

Instituída pela Resolução de número 099/2018, de 03 de abril de 2018, a Comissão é a primeira do tipo em todo o Estado de Pernambuco e vem como um instrumento importante de fortalecimento para as leis que combatem a violência contra a mulher.

Em sessão marcada por polêmicas, oposição se abstém de votar Moção de Aplauso a senador Fernando Bezerra

Sessão foi marcada por embates entre bancadas (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de quinta-feira (21) na Câmara de Vereadores de Petrolina foi marcada por embates. Não bastasse a a rejeição do Requerimento que solicitava uma audiência pública para discutir a municipalização do saneamento básico e a colocação de projeto de lei do Executivo colocado de última hora em votação, as bancadas se dividiram quanto à aprovação de uma Moção de Aplauso ao senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

O político petrolinense foi eleito pelo governo Jair Bolsonaro (PSL) como líder no Senado. Autor da proposta, Ruy Wanderley (PSC) que já foi líder da bancada governista na gestão de Miguel Coelho (PSB), a nomeação de Fernando Bezerra é motivo de orgulho.

“Sua indicação como líder do governo Jair Bolsonaro no Senado, isso fortalece Pernambuco, fortalece Petrolina termos no Senado um político de Petrolina. Para nós é uma honra muito grande termos Fernando Bezerra como líder do Senado”, justificou Ruy.

LEIA MAIS

Oposição comemora conquista de espaço nas Comissões da Câmara de Petrolina

Bancada da oposição começou 2019 em alta (Foto: Blog Waldiney Passos)

A celeuma das Comissões Permanentes da Câmara de Petrolina chegou ao fim na segunda-feira (11) quando foi batido o martelo e anunciada a presidência de cada segmento. Para surpresa de muitos a oposição conseguiu espaço e saiu fortalecida, emplacando três presidências das nove possíveis.

Gabriel Menezes (PSL) será o presidente da Comissão de Agricultura, Interior e Meio Ambiente; Gilmar Santos (PT) assume a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, cuja relatoria será de Paulo Valgueiro (MDB); Cristina Costa (PT) foi escolhida presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

LEIA TAMBÉM:

Fora das comissões, Aero Cruz afirma que cedeu espaço a colegas de bancada

Além das presidências a bancada terá ainda a relatoria da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude, com Costa; e duas secretarias, uma em Agricultura, Interior e Meio Ambiente, com Elismar Gonçalves (MDB) e outra com Valgueiro na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

LEIA MAIS

Miguel Coelho indica aproximação da oposição pernambucana com Bolsonaro

(Foto: Jonas Santos/Ascom)

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho visitou Recife na sexta-feira (25) e comentou a aproximação das lideranças da oposição ao governo de Jair Bolsonaro (PSL). Miguel lembrou o apoio da bancada oposicionista durante as eleições de outubro ao então candidato Bolsonaro.

“Quem votou em Bolsonaro em Pernambuco foi a oposição. Bruno declarou, Mendonça declarou, os Ferreiras declararam. Então, a tendência é que a gente tenha uma aproximação. Até porque o PSB não é situação com o Governo Federal”, disse em entrevista a Folha de Pernambuco.

Para o prefeito de Petrolina o sucesso do governo de Bolsonaro depende da agenda econômica. “O que vai depender para o sucesso do governo Bolsonaro é ele conseguir aprovar a pauta econômica. Isso é o que vai dar sustentação ao discurso dele”, avaliou Miguel.

A aproximação de Paulo Câmara (PSB) com o governo federal foi visto como algo positivo pelo prefeito. “Não foi uma reunião de articulação. Foi muito mais uma reunião para apresentar a bancada. Qualquer governador que ganhe ou seja reeleito precisa do apoio da bancada para ter emendas. Mas ele é oposição ao governo federal. Precisamos saber se isso vai vingar [a aproximação com a bancada]. É óbvio que está todo mundo junto por Pernambuco. Eu posso falar pelo senador Fernando Bezerra que ele nunca se colocará contra as pautas de Pernambuco. Agora, além dessa pauta administrativa, tem a pauta política e, sem dúvida, o governo Bolsonaro vai querer registrar isso“, pontuou. Com informações de Folha de Pernambuco

“Briga na Câmara, fica na Câmara e eles precisam resolver”, diz Miguel Coelho sobre confusões entre bancada de situação e de oposição

Em meio a perguntas ligadas a gestão, Miguel Coelho foi questionado sobre as brigas envolvendo a bancada de oposição e a de situação na Câmara de Vereadores de Petrolina. O prefeito afirmou, nesta sexta-feira (22) que é normal que isso aconteça.

Semanalmente noticiamos os principais fatos das sessões da Casa Plínio Amorim, a confusão e brigas entre as bancadas, chama atenção, mas se tornou algo comum. Veja o que Miguel Coelho falou sobre:

 

Alas desativadas motivam abertura de inquerido para investigar a precariedade do Hospital Dom Malan em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Alvo de diversas denúncias, o Hospital Dom Malan, em Petrolina será investigado depois de solicitação de abertura de inquerido feita junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

A denúncia feita pela a Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), foi motivada por duas alas desativadas. Uma, há dois anos, pelo desabamento do teto, e outra há um ano, pelo afundamento do piso.

Ainda segundo a bancada, com a desativação das alas, os atendimentos a crianças e gestantes são realizados de forma precária, com muitas mães sendo obrigadas a aguardar por horas nos corredores e recepção.

Em Petrolina, Bancada de Oposição emite nota sobre a “Urgência urgentíssima” do Código Tributário Municipal

(Foto: Divulgação)

Uma nota assinada pela Banca de Oposição da Câmara de Vereadores de Petrolina, foi emitida nesta sexta-feira (29), sobre a votação do Projeto de Lei Complementar nº 02/2017. O grupo aproveitou, também, para tecer críticas a Prefeitura de Petrolina.

O encerramento “precoce” da última sessão, nesta quinta-feira (28) já teria inflamado os ânimos da bancada de oposição, que se traduziu através da seguinte nota:

O Brasil passa por um dos momentos mais difíceis de sua história recente. Ao contrário do ciclo virtuoso de desenvolvimento que marcou a primeira década dos anos dois mil, assistimos agora à queda brutal do padrão de vida da população, assombrada pela violência, por demissões e fechamento de postos de trabalho, pelo aumento dos preços que vai dos alimentos aos combustíveis, ao passo que se anuncia o fim da política de valorização do salário mínimo.

Uma situação produzida e mantida por um governo que sequer foi eleito e, o que é pior, um governo que tem entre seus principais apoiadores donos de malas cheias de milhões frutos de corrupção, empresários que enriquecem com a compra de informações privilegiadas e uma bancada formada por deputados e senadores que sangram os cofres públicos a cada nova denúncia contra o seu dito Presidente.

LEIA MAIS
12