Petrolina: emoção e pedido por justiça marcam sepultamento de jovens

Jovens foram sepultados sem direito a velório

 Um misto de angústia, dor e revolta. Assim aconteceu o sepultamento dos amigos Lucas Levi, de 20 anos e Matheus dos Santos, de 17. Eles estavam desaparecidos desde a noite do dia 11 e foram encontrados mortos na última sexta-feira (17).

LEIA TAMBÉM

Polícia Civil de Pernambuco classifica mortes de jovens que estavam desaparecidos como homicídios

“Queria ter tido pelo menos isso”, diz mãe de um dos jovens desaparecidos que serão enterrados sem velório

Petrolina: jovens desaparecidos são encontrados mortos

Os jovens foram enterrados no sábado (18) sob forte comoção, no cemitério do bairro João de Deus. Em um vídeo enviado à nossa Redação, é possível ver as famílias e amigos cobrando justiça. De acordo com Elisete dos Santos, mãe de Mateus, os rapazes teriam desaparecido ao entrar em uma viatura do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp).

Polícia Militar de Pernambuco confirma prisões realizadas durante protesto de familiares de jovens desaparecidos

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Após a divulgação da notícia sobre a prisão do irmão de um dos jovens desaparecidos em Petrolina (PE), durante protesto no bairro José e Maria, o Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Polícia Militar de Pernambuco para confirmar a veracidade da informação, bem como saber mais detalhes da ocorrência.

LEIA TAMBÉM

Protesto de familiares de jovens desparecidos termina em tumulto no José e Maria

Em nota enviada há pouco, a PM-PE confirmou duas prisões e a apreensão de um menor, realizadas durante o protesto de familiares de Matheus dos Santos e Lucas Levi, desaparecidos desde o último sábado (11). Contudo, a Polícia não revelou a identidade dos detidos, nem confirmou se algum deles é irmão de um dos jovens.

“A Polícia Militar informa que policiais militares do 5º BPM prederam, por volta das 14h, dois homens e apreenderam um menor, por provocar tumulto durante um protesto na avenida Francisco Coelho de Amorim, no bairro José Maria. Eles foram conduzidos para DP para serem adotadas as medidas cabíveis”, diz a  nota.

Protesto de familiares de jovens desparecidos termina em tumulto no José e Maria

(Imagem: Reprodução/WhatsApp)

Um protesto feito pelas famílias e amigos de Matheus dos Santos, de 17 anos, e Lucas Levi, de 20 anos, desaparecidos desde o último sábado (11), no bairro Mandacaru 2, em Petrolina (PE), terminou em tumulto, no fina da manhã desta quarta-feira (15).

LEIA TAMBÉM

Familiares fazem ato cobrando informações sobre jovens desaparecidos no Mandacaru 2

Em resposta a mãe de jovem desaparecido, 2º BIEsp afirma ter aberto procedimento interno para averiguar abordagem policial no Mandacaru 2

Os manifestantes que pedem justiça pelo desaparecimento dos dois jovens, saíram em caminhada da Câmara de Vereadores de Petrolina em direção ao bairro José e Maria, onde mora a família de um dos desaparecidos. No referido bairro, houve tumulto entre os manifestantes e a Polícia, como contam testemunhas que estiveram no local.

Em resposta a mãe de jovem desaparecido, 2º BIEsp afirma ter aberto procedimento interno para averiguar abordagem policial no Mandacaru 2

PM está apurando abordagem realizada no dia do desaparecimento (Foto: Divulgação/ SDS)

A Polícia Militar de Pernambuco emitiu uma nota ao Blog Waldiney Passos sobre as acusações feitas pela mãe de um dos jovens desaparecidos no bairro Mandacaru 2, em Petrolina. De acordo com a PM, o efetivo do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) estava de serviço no último sábado (11) quando avistou os dois jovens.

LEIA TAMBÉM

Familiares fazem ato cobrando informações sobre jovens desaparecidos no Mandacaru 2

“A patrulha na região visualizou dois jovens e realizou a busca pessoal. Nada de ilícito foi encontrado e eles foram liberados pelos policiais no local”, destaca a nota. Hoje (15) Elizete dos Santos, mãe de Matheus dos Santos esteve presente em uma manifestação e acusou a PM de ter sumido com seu filho e um amigo dele, Lucas Levi, de 20 anos.

Ainda na nota o 2º BIEsp ressalta que no dia 12/01 um homem formalizou uma queixa de desaparecimento e foi aberto um “procedimento investigatório interno para apurar as circunstâncias da referida abordagem policial”. Confira a seguir a íntegra da nota:

Familiares fazem ato cobrando informações sobre jovens desaparecidos no Mandacaru 2

Jovens estão desaparecidos desde o dia 11 de janeiro (Foto: Wanderley Alves/Cortesia)

Os amigos Matheus dos Santos, de 17 anos, e Lucas Levi, de 20, desapareceram no sábado (11), no bairro Mandacaru 2, em Petrolina. Segundo Elizete dos Santos, mãe de Matheus, moradores relataram que os jovens foram vistos pela última vez entrando em uma viatura do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), desde então as famílias buscam por informações sobre os dois.

Eles foram vistos pela última vez no dia 11 de janeiro

As famílias se reuniram nessa quarta-feira (15) em frente à Câmara de Vereadores de Petrolina para cobrar Justiça pelos jovens. “As últimas informações que tenho deles é quando a BIEsp enquadrou os dois e desapareceu com os dois. Abordaram, botaram no carro e até hoje não apareceu em delegacia, IML e em lugar nenhum”, relatou Elizete.

Segundo Elizete, ela já ouvi ameaças de que quando o filho completasse 18 anos seria “colocado na prisão perpétua”. Apesar da angústia, ela acredita que Matheus será encontrado bem. “Como mãe meu coração diz que ele tá vivo, mas eu quero uma resposta de vivo ou de morto“, afirmou.