“É de suma importância que os pais levem as suas crianças”, orienta Marlene Leandro sobre Campanha Nacional de Vacinação

Hoje (5) é o primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Em Petrolina, as doses estão distribuídas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da sede (das 7h às 17h) e interior (7h à 13h). O público alvo é formado por crianças de até cinco anos.

LEIA TAMBÉM

Campanha Nacional de Multivacinação começa nesta segunda-feira

A secretária-executiva de Vigilância em Saúde do município destaca a importância da proteção. “Ela vai até o dia 30 de outubro e é de suma importância que os pais levem as suas crianças para as Unidades Básicas de Saúde para vacinar. Junto a essa estratégia, também está acontecendo a multivacinação com o objetivo de atualizar o calendário básico vacinal da criança e do adolescente”, diz Marlene Leandro.

Reforço

Mesmo quem está em dias com a imunização deve comparecer às Unidades. “A polio busca garantir mais uma dose ao público alvo. Mesmo aquelas que estão com o calendário atualizado devem tomar uma dose”, pontua Marlene.

Em relação à multivacinação, devem atualizar os cartões de vacina crianças e adolescentes com até 15 anos. Mas atenção, apenas os não vacinados ou com esquemas incompletos de vacina. “O Dia D está marcado para o sábado 17/10.

Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira

Idosos são prioritários na campanha (Foto: Ascom)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta segunda-feira (23) e os postos de saúde de Petrolina já se preparam para receber o público alvo da primeira etapa. A estimativa é que 65 mil petrolinenses sejam imunizados até 22 de maio.

A campanha foi antecipada pelo Ministério da Saúde e vale lembrar que a vacina não protege contra o coronavírus, mas pode evitar o H1N1. A partir de amanhã devem ser imunizados idosos e trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do atendimento à população.

“Para evitar aglomerações, os profissionais de saúde vão auxiliar na organização, orientando as pessoas a manterem distância de dois metros uma das outras. Toldos serão instalados em algumas unidades para evitar aglomeração dentro dos postos”, ressalta a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

A vacina contra a gripe previne três tipos de vírus: influenza B, H1N1 e H2N3. Os postos de saúde funcionam das 7h às 17h na sede e das 8h às 13h na zona rural. Confira a seguir o cronograma da campanha:

LEIA MAIS

Secretaria de Saúde de Petrolina tranquiliza população sobre casos suspeitos de coronavírus

Nova paciente está sendo monitorada, mas não tem sintomas (Foto: Ascom/PMP)

Em nota, a Prefeitura de Petrolina tranquilizou a população que estava receosa sobre um suposto caso de coronavírus na região. A paciente notificada em Juazeiro (BA) foi descartada com o covid-19. Ela é petrolinense, tem 45 anos e estava na Europa, uma das zonas críticas de transmissão.

LEIA TAMBÉM

Caso suspeito de novo coronavírus de Juazeiro tem resultado negativo

Coronavírus: mulher que veio para Petrolina da Itália apresenta sintomas respiratórios e é monitorada pela secretaria de saúde

Caso suspeito de coronavírus em Juazeiro “não se enquadraria” nos critérios de Pernambuco, destaca secretária-executiva de Petrolina

Coronavírus: estoques de máscaras e álcool gel em farmácias de Juazeiro e Petrolina estão quase zerados

Contudo, os exames realizados nela deram negativos para o coronavírus. “Ressaltamos que continuamos atentos aos critérios do Ministério da Saúde, para casos suspeitos do novo coronavírus: febre associada à tosse, coriza e falta de ar”, comenta a secretária de Saúde de Petrolina, Magnilde Albuquerque.

Nova paciente

Há ainda uma outra paciente, vinda da Itália que está sob observação. A mulher de 32 anos, no entanto, está sem sintomas. “Sobre o caso de uma mulher de 32 anos que veio da Itália e está em Petrolina, ela também não apresenta sintomas relacionados ao coronavírus, mas está sendo monitorada pela equipe de Vigilância em Saúde do município”, disse.

Sem casos confirmados no município, a Secretaria de Saúde alerta para os cuidados preventivos. Confira a seguir as orientações da pasta:

LEIA MAIS

Caso suspeito de coronavírus em Juazeiro “não se enquadraria” nos critérios de Pernambuco, destaca secretária-executiva de Petrolina

Secretária tranquila petrolinenses (Foto: Ascom/PMP)

A notícia de um caso suspeito de coronavírus registrado em Juazeiro (BA) ligou o sinal de alerta também em Petrolina, devido ao fato de a paciente em questão residir em solo pernambucano. Mas de acordo com a secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina, Marlene Leandro, não há motivo para pânico.

LEIA TAMBÉM

Coronavírus: estoques de máscaras e álcool gel em farmácias de Juazeiro e Petrolina estão quase zerados

“Na unidade Hospitalar não possui nenhum paciente com suspeita  do vírus COVID-19”, diz Hospital Regional de Juazeiro

“Sobre esse caso notificado ontem na Bahia, como caso suspeito do novo coronavírus a Prefeitura vem informar que ficamos sabendo desse caso ontem no final do dia. Fomos buscar mais informações do caso. É uma mulher que viajou para a Europa e ela apresentou sintoma gripal, sem febre”, explicou a secretária-executiva.

LEIA MAIS

Aplicação da BCG na UBS da Cohab Massangano mudará de data a partir de março

(Foto: Jonas Santos/AscomPMP)

A aplicação da vacina BCG na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Cohab Massangano passará por uma alteração a partir da segunda semana de março. A Secretaria de Saúde de Petrolina informa que as equipes estarão disponíveis às sextas e não mais às segundas-feiras.

Já na UBS Bernardino Campos Coelho, no bairro Vila Eduardo, o serviço continua sendo ofertado às quartas-feiras. “Mudaremos para a sexta-feira por ser um dia considerado mais tranquilo, proporcionando assim um ambiente com menos aglomeração de pessoas, garantindo mais agilidade no atendimento aos recém-nascidos“, justifica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Ela também alerta aos pais de recém-nascidos no Hospital Dom Malan/IMIP: “As crianças que nascem no Dom Malan continuam recebendo essa vacina dentro da maternidade”, finaliza.

Salas de vacina serão abastecidas com doses da pentavalente ainda nessa semana

Todas as salas serão abastecidas até sexta-feira (Foto: Ascom/PMP)

1.680 doses da vacina pentavalente chegaram a Petrolina nessa semana. O estoque foi encaminhado pelo Ministério da Saúde e busca imunizar os petrolinenses contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e um tipo de meningite. De acordo com a Secretaria de Saúde, o lote vem suprir a demanda acumulada dos últimos meses.

A expectativa da pasta é que todas as salas de vacina do município estejam abastecidas até sexta-feira (24). O Governo Federal ficou devendo os lotes e acabou desabastecendo várias cidades no ano passado. Para se imunizar são necessárias três doses: aos 2 meses, aos 4 meses e aos 6 meses de vida.

A partir do recebimento das doses, estamos empreendendo todo o esforço para abastecer os postos de saúde da rede e garantir a proteção dos pequenos que fazem parte do público eletivo para essa estratégia“, explica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Programação do Janeiro Roxo em Petrolina inclui visita a população prisional e capacitação dos profissionais

Janeiro Roxo alerta sobre diagnóstico e tratamento da doença (Foto: Ilustração)

A cor do janeiro é a roxa, para levantar a bandeira sobre a importância de se discutir a hanseníase. Em Petrolina, a secretaria de Saúde está com uma programação especial. Hoje (10) equipes do Serviço de Infectologia de Petrolina (Seinpe) visitaram a Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes.

Na segunda-feira (13) será realizada uma atividade educativa e distribuição de panfletos informativos no Centro de Testagem e Aconselhamento CTA/SAE, localizado na Rua Joaquim Nabuco, S/N, ao lado da Secretaria de Saúde, no centro da cidade.

No dia 17, as equipes visitarão a Cadeia Feminina. Os profissionais da saúde também serão atendidos no Janeiro Roxo, com capacitações e atualizações sobre o diagnóstico da doença. Em 27 de janeiro, o Dia Mundial da Luta Contra a Hanseníase haverá uma panfletagem na Cohab Massangano.

“É uma doença que tem cura, por isso o diagnóstico precoce é fundamental. Lembrando que o contágio da doença acontece com contato íntimo e prolongado“, ressalta a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Período chuvoso reforça alerta contra mosquito da dengue em Petrolina e Juazeiro

Atenção deve ser redobrada nesse período de sol e chuva (Foto: Ascom/PMP)

Chuva é sinônimo de água parada e com o sol que faz no Sertão, o ambiente torna-se propício a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Por isso a secretaria executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina faz um alerta aos petrolinenses.

A população deve ajudar no combate a dengue, monitorando suas residências. O trabalho, somado ao dos agentes de combate as endemias deve surtir efeito nessa batalha. “Além da chuva que tem caído na cidade, a temperatura também está elevada. Essas são duas condicionantes que aceleram o desenvolvimento do mosquito, pois aumenta a oferta de criadouros e os ovos eclodem rapidamente com as altas temperaturas”, destaca a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Em Juazeiro (BA) a Vigilância em Saúde lembra que qualquer água empoçada pode virar o criadouro ideal. “É importante o descarte correto da água, do lixo, além da higienização dos vasilhames de plantas, de alimento dos animais e a limpeza dos quintais. É um cuidado individual/coletivo que reflete no bem estar em toda a cidade”, comenta o diretor Klynger Farias.

Alimentos doados durante passeio ciclístico são entregues ao Crelps de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

O passeio ciclístico promovido pela Prefeitura de Petrolina no último domingo (30) arrecadou alimentos que foram doados ao Centro de Recuperação Evangélico Livres para Servir (CRELPS) da cidade. Cerca de 90 mulheres em recuperação da dependência química na unidade serão contempladas com esse ajuda.

Para quem não conhece, o Crelps presta apoio a mulheres que buscam se livrar da dependência. “A Secretaria de Saúde também está preocupada com questões sociais. As doações vão ajudar não só a alimentar estas usuárias do serviço, mas a dar continuidade ao trabalho do Crelps. Com o apoio da população, estas mulheres vão continuar a ter oportunidade de melhorar de vida”, disse a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

O passeio ciclístico foi uma ação da Secretaria de Saúde, em parceria com a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA). Os alimentos foram arrecadados no ato da inscrição dos participantes.

Petrolina: passeio ciclístico reforça campanha de conscientização no trânsito

(Foto: Ascom)

Mais de 200 ciclistas participaram do passeio ciclístico promovido pela Prefeitura de Petrolina na manhã de domingo (30), no Parque Josepha Coelho. O evento foi encabeçado pela secretaria de Saúde e busca conscientizar a população sobre a importância da prudência no trânsito.

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) foi parceria na ação e faz alusão ao Maio Amarelo, mas o evento acabou sendo transferido para o último final de semana de junho. A secretária executiva de Vigilância Epidemiológica, Marlene Leandro falou sobre a ação.

“Essas ações são importantes para reduzir o número de acidentes através da educação, conscientização e respeito, mas é importante que elas continuem durante todo o ano reforçando a importância de um trânsito seguro e o papel de cada um nesse contexto”, disse.

H1N1: secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina afirma não haver motivo para pânico

(Foto: ASCOM)

“Não há motivo para pânico”. É o que afirma a secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina, Marlene Leandro sobre o caso de uma morte suspeita de H1N1, na cidade. A paciente veio a óbito no Hospital Universitário na quinta-feira (6), após ter chegado de viagem.

Segundo Marlene, o quadro da paciente evoluiu para complicações, mas todas as providências foram tomadas, conforme determina o Ministério da Saúde. “Quero dizer a população que não há motivo para pânico. Esse caso foi de uma pessoa que havia viajado para a Paraíba e ao chegar apresentou os sintomas da doença, evolui para complicações”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Paciente com suspeita de H1N1 morre no Hospital Universitário, em Petrolina

A vítima deu entrada no HU no dia 28 de maio e por ser um casos suspeito, todos os parentes próximos foram imunizados. “Foi iniciado a profilaxia para os contatos íntimos, foi realizado no esposo e filhos dessa pessoa o antiviral, o procedimento preconizado”, continuou.

A secretária-executiva afirma que o caso ainda não foi confirmado como H1N1. “Ainda não temos a confirmação do caso. O material foi encaminhado e estamos aguardando esse resultado para confirmação ou não de H1N1″, finaliza.